Siga nos também:

Notícias

Mateada da APAE marca início da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

  • 19/08/2022
Usu%c3%a1rios trabalham na horta elevada

Atividade está marcada para as 14h30

Neste domingo (21) a APAE de Passo Fundo irá realizar uma mateada pela inclusão, no Parque da Gare, com a presença de usuários e alunos da instituição e seus familiares. A ação, que marca o início da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, de 21 a 28 de agosto, acontecerá a partir das 14h30, próximo ao letreiro “Eu amo Passo Fundo” e ao Espaço Prisma.

A coordenadora da política da Assistência Social da APAE, Fernanda Roman, explica que a ideia da atividade é aproximar as famílias do trabalho desenvolvido pela instituição na superação de barreiras e na inclusão dos atendidos na sociedade, como no mercado de trabalho. “O tema da campanha nacional fala exatamente sobre isso, de vencermos os obstáculos existentes e promovermos uma transformação na comunidade. Desta forma, a mateada é um momento de confraternização, de reflexão e de chamar a atenção de todos para as dificuldades enfrentadas no dia a dia pelas pessoas com deficiência”, destaca. Durante a roda de chimarrão, os participantes distribuirão 55 balões coloridos em representação à eliminação de barreiras e à igualdade de oportunidades. O número significa os anos de atuação da APAE na cidade e as cores dos balões (azul, verde, laranja, roxo e rosa) simbolizam a campanha promovida pela Federação Nacional das APAEs (Fenapaes).

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla foi criada em 1963, sendo a maior conquista do movimento apaeano a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), também conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência, que entrou em vigência em 2016. A partir desta legislação ampliou-se os direitos dessa parcela da população e estabeleceu-se mais punições para atos discriminatórios. Neste ano, as APAE’s de todo o Brasil debatem as barreiras que impedem a plena inclusão de mais de 45 milhões de pessoas com deficiência. São elas: atitudinais, urbanísticas, arquitetônicas, nos transportes, nas comunicações e na informação e as tecnológicas.

As barreiras atitudinais são as de maior impacto porque são comportamentos e atitudes que impossibilitam ou prejudicam a participação social da pessoa com deficiência nas mesmas condições das demais. “Estamos falando de ações, omissões e discursos preconceituosos e estigmatizados que resultam na exclusão das pessoas com deficiência em espaços como escolas, mercado de trabalho e até mesmo dentro de seus lares”, enfatiza Fernanda.

Além da mateada, a APAE preparou outras atividades para a Semana, entre elas uma apresentação bem especial dos usuários da Oficina de Música aos demais colegas. Eles cantarão as músicas “Oração”, da Banda Mais Bonita da Cidade, e “Baianá”, do grupo Barbatuques. “Os próprios usuários escolheram as canções. Elas vêm sendo trabalhadas nos últimos meses e mostram um pouco do trabalho de inclusão e de envolvimento com o repertório popular que é desenvolvido na oficina”, explica o monitor de música, Wellington Rodrigues.

A APAE irá encerrar a campanha nacional no dia 27 de agosto com o tradicional cachorro-quente em parceria com o Movimento de Cursilhos de Cristandade de Passo Fundo - MCC. Os ingressos estão disponíveis para a venda na própria instituição. Cada um custa R$ 12,00. Mais informações pelo telefone (54) 3313-1330.


Nossos Apoiadores

Apoio bsbios Apoio upf novo
Não utilizamos cookies próprios. Nosso site utiliza apenas cookies de terceiros essenciais e para monitoramento de acessos e estatística dos site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.